É verdade que a celulite diminui quando emagrecemos?

Quando engordamos a celulite aparece. E nossa pele fica com aquele aspecto casca de laranja. Mas e ao contrário, será que a celulite diminui quando emagrecemos? Leia mais e descubra…

Que a celulite é um problema que danifica nossa autoestima e deixa nossa pele com um aspecto desagradável todos nós sabemos, mas você sabia que a celulite diminui quando emagrecemos?

Pois é, muitas pessoas apostam em cremes milagrosos, tratamentos caros e até mesmo técnicas como injeções e laser, mas não sabem o que ocasiona a celulite, e muito menos têm ideia de que a celulite diminui quando emagrecemos.

1. Celulite X quilos extras

Mas por que isso acontece? A celulite diminui quando emagrecemos especialmente devido à natureza da formação desse problema de pele.

Os furinhos podem dar a aparência de flacidez na pele, e é fato que uma pele mais firme a deixa menos aparente, mas o problema não está na camada exterior da derme.

Na verdade, a celulite nada mais é do que uma inflamação da camada de gordura da pele, na parte interna da derme. As células, quando crescem de forma desordenada em grande volume, dão esse aspecto de casca de laranja à pele.

Ou seja, quanto mais ganhamos peso, mais células de gordura se acumulam em nossa pele, e, dessa maneira, mais temos problemas com a inflamação e o acúmulo de toxinas da mesma.

Além disso, o excesso de gordura e uma alimentação ruim ainda nos deixa mais sujeitos a reter líquidos, e, quando estamos inchados, esse desnível na pele fica mais evidente, e a celulite fica, por consequência, mais aparente na camada externa da pele.

2. Celulite diminui quando emagrecemos?

A celulite diminui quando emagrecemos graças a dois fatores:

O primeiro, e mais óbvio deles, é que, com menos células de gordura, como mencionamos anteriormente, menos temos a chance de ter células inflamadas na pele, e, dessa maneira, menos sofremos com os furinhos.

Agora, o segundo é igualmente, ou até mesmo mais importante do que o primeiro: quando emagrecemos, seguimos uma dieta regrada e uma alimentação mais balanceada.

Se alimentar corretamente é essencial para evitar a inflamação de células, e os alimentos que mais são perigosos para ocasionar os furinhos também costumam ser proibidos na maioria das dietas.

Além disso, dietas equilibradas também estimulam o consumo regular de água, reduzindo o inchaço e ajudando na hora de eliminar toxinas.

3. Como perder peso e a celulite?

Celulite diminui quando emagrecemos

Já que a celulite diminui quando emagrecemos, é interessante aliar os dois objetivos na hora de elaborar um plano de dieta e exercícios.

O resumo básico é que uma alimentação equilibrada, aliada a uma rotina de exercícios e cuidados com a pele potencializa a eliminação das celulites.

3.1. Alimentação equilibrada

Quando falamos em uma alimentação equilibrada, é importante entender que a nutrição é importante não apenas para o funcionamento pleno do organismo, como também para a estética.

Nutrientes como vitaminas do complexo B e a vitamina A ajudam a nutrir a pele. E cumprem papeis principais em seu aspecto e na produção de colágeno e melanina. Além disso, comer bem faz com que o organismo não armazene toxinas.

No entanto, o que você come e quase tão importante quanto aquilo que você evita comer em uma dieta saudável. Carboidratos refinados, açúcar e sódio inflamam as células, causando a celulite.

3.2. Exercícios regulares

Além de promoverem a perda de gordura, exercícios regulares auxiliam na elasticidade da pele, estimulam a produção de colágeno e garantem mais firmeza à pele.

Se exercitar queima células de gordura em partes específicas do corpo e desenvolve a massa muscular. Dessa forma, cada tipo de exercício pode ajudar uma região e eliminar a celulite.

O lunge com salto, por exemplo, fortalece as coxas e os glúteos, áreas que são afetadas pela celulite.

Por sua vez, se você tem a aparência flácida na barriga, flexões podem ajudar nessa área. Além disso, elas também ajudam nos braços, área que pode ser fonte de acúmulo de gordura em alguns biótipos.

Outro exercício popular para se livrar de celulites é o agachamento, que trabalha as coxas e os glúteos.

Realizar esses tipos de exercícios regularmente diminui as celulites de quatro formas:

  1. Com maior firmeza da musculatura e da pele, a celulite não fica aparente
  2. Com menos gorduras, menos células aparentam e ficam inflamadas
  3. Com o suor, o corpo elimina toxinas
  4. Com maior circulação, o corpo leva nutrientes às partes do corpo, e o inchaço fica menor.

3.3. Cremes e suplementos

Por fim, cuidar da pele com cremes e suplementos vitamínicos também pode ajudar a potencializar o efeito dos exercícios. Embora saibamos que a celulite diminui quando emagrecemos, se livrar dela pode ser difícil.

Isso porque o ser humano é uma máquina elaborada para sobreviver na natureza. Em estados fora da sociedade, o ser humano raramente se depara com fontes energéticas. Em um cenário onde comida é rara, nosso organismo é feito para armazenar avidamente fontes de energia.

Isso significa que o corpo evita ao máximo perder fontes de energia importantes como as células de gordura. Especialmente em áreas da pele onde elas servem como proteção e onde é mais difícil ou menos vantajoso para o corpo desenvolver músculos.

Isso significa que, além de perder peso ser um desafio, é mais difícil ainda perder células de gordura.

A tendência é que elas desinchem, e armazenem menos toxinas e gordura conforme emagrecermos (e é justamente por isso que a celulite diminui quando emagrecemos), mas elas não desaparecem completamente.

Dessa forma, quando temos inchaço e toxinas, é importante se atentar a esforços para cuidar da pele, para que o organismo sinta que não precisa armazenar essa quantidade de gordura.

Ou seja, consumir a quantidade necessária de vitaminas e hidratar a pele é essencial para conseguir equilibrar o emagrecimento com a perda de celulite.

 

4. Conclusão

A celulite é uma ocorrência natural de nosso corpo, e é causada pelo acúmulo de células de gordura em nossa pele.

Essa é uma medida de proteção do organismo, e, dessa forma, para impedi-la de acontecer, é importante entender que a celulite diminui quando emagrecemos com saúde e buscamos hábitos saudáveis e uma nutrição adequada.

Dessa forma, exercícios, cremes e vitaminas são essenciais para acabar com a celulite!

E aí meninas, curtiram essas dicas? Então compartilhe com suas amigas… E não esqueça de deixar seu comentário logo abaixo!

 

Comentários

Quem leu isso, também está lendo: