Uau! Existe mesmo a proteína da beleza! (Especialista esclarece)

Uau! Existe mesmo a proteína da beleza! (Especialista esclarece)

Você conhece qual é a proteína da beleza? Sabia que a sua existência já foi comprovada por especialistas? Ela se chama colágeno. Mas afinal, colágeno para que serve? Patrícia Bócoli esclarece tudo sobre esta importante proteína em nosso organismo e quais os sintomas aparecem caso a quantidade fique abaixo do normal.

As proteínas são peças-chaves para a saúde do nosso organismo. Além de garantirem a boa formação dos tecidos, as proteínas são nutrientes que também funcionam como combustível para que o corpo humano possa continuar em atividade.

Outra importante função das proteínas é que elas participam da formação básica das fibras musculares, estrutura óssea, dentes, cabelos e pele. Não poderíamos deixar de falar também que os nutrientes proteicos agem ativamente na formação de hormônios, enzimas e anticorpos.

Mas, e se você descobrisse que existe a verdadeira proteína da beleza? Leia este material até o fim e saiba mais sobre colágeno para que serve.

Proteína da beleza: o colágeno

O que é colágeno?

Colágeno é uma proteína produzida pelo corpo que confere estrutura, firmeza e elasticidade para a pele.

O que é o colágeno?

Veja as maçãs do rosto e o nariz, por exemplo. Apesar de serem maleáveis, essas regiões possuem firmeza e estrutura própria. Essas características são alguns dos resultados da ação do colágeno.

Basicamente, essa proteína irá manter as células do corpo firmes e unidas, trazendo benefícios para diversas partes do corpo. Músculos, tendões, articulações, tecidos e ligamentos dependem do colágeno para continuarem saudáveis.

Na imagem a seguir veja a diferença da quantidade de colágeno em uma pele jovem entre uma pele idosa.

Diferença do colágeno em uma pele jovem e uma pele idosa
Diferença do colágeno em uma pele jovem e uma pele idosa

Dando uma espécie de “Zoom” nas fibras de colágeno mostradas na imagem acima, confira agora, na imagem abaixo, o diagrama desta proteína.

Diagrama da proteína colágeno
Diagrama da proteína colágeno

O que é colágeno hidrolisado?

E o colágeno hidrolisado para que serve?

Para quem não sabe, o colágeno hidrolisado é formado por pequenos aminoácidos que irão atuar na formação de um “novo colágeno” no organismo.

Especialmente para o público feminino, os benefícios do colágeno hidrolisado são famosos. Quem tem o hábito de consumir essa proteína afirma que a substância ajuda a firmar a pele, retardar o envelhecimento e amenizar a sensação de fome, o que auxilia no processo de emagrecimento.

Geralmente ele pode ser encontrado em cápsulas, comumente tomado de uma a duas vezes ao dia, ou em pó, comumente diluído em sopas, vitaminas, sucos ou água.

É interessante dizer que ele também pode ser encontrado sem sabor, sendo ideal para misturar aos alimentos líquidos ou pastosos.

Colágeno hidrolisado para que serve e quem deve tomar?

Não existe idade mínima ou máxima para o uso. Mas a partir dos 30 anos de idade, as pessoas, principalmente as mulheres, já podem começar a suplementar com colágeno hidrolisado.

E já o colágeno para que serve?

Afinal, colágeno para que serve? Seja em sua forma natural, hidrolisada ou em cápsulas, o colágeno oferece diversas vantagens para o corpo. A seguir, conheça os principais benefícios do colágeno para que serve.

Colágeno benefícios:

  1. Previne o aparecimento de celulite e estrias;
  2. Retarda o envelhecimento precoce;
  3. Previne o surgimento de rugas e linhas de expressão;
  4. Aumenta a elasticidade e a firmeza da pele;
  5. Fortalece o cabelo e as unhas;
  6. Fortalece os ossos e as articulações.

Além de todos esses colágeno benefícios, é importante dizer que o colágeno também ajuda na renovação das células em todos os sistemas do corpo humano.

Quando usar o colágeno?

Apesar de ser naturalmente produzido pelo corpo, o colágeno precisa ser reposto em algumas situações. Quando a quantidade desta proteína está abaixo do normal, há o aparecimento dos seguintes sintomas:

  1. Enfraquecimento das articulações;
  2. Diminuição da espessura dos cabelos;
  3. Perda de elasticidade da pele;
  4. Surgimento de rugas e linhas de expressão antes do tempo;
  5. Aparecimento de muitas estrias;
  6. Diminuição da densidade óssea.

Se você está com alguns desses sintomas, faça uma avaliação médica e procure inserir mais colágeno na sua dieta.

Alimentos ricos em colágeno

As principais fontes de colágeno são as proteínas de origem animal, ou seja, carnes vermelhas e carnes brancas. Entretanto, geleia de mocotó, gelatina, frutas cítricas, frutas vermelhas, castanhas, aveia, beterraba, vegetais e soja são outros exemplos de alimentos ricos em colágeno.

Carne vermelha e carne branca

Uma dica para quem quer garantir uma melhor absorção do nutriente presente nesses alimentos é consumi-los junto com outros alimentos ricos em vitamina C na mesma refeição. Essa vitamina irá potencializar a absorção do colágeno em até oito vezes!

Suplementos que contém colágeno

Existem diversos suplementos à base de colágeno no mercado. Conhecidos também como polivitamínicos ou nutricosméticos, esses suplementos podem vir em formato de cápsulas ou sachês para suprir a carência do nutriente no organismo.

Atualmente, o polivitamínico mais confiável e de maior qualidade é o Lampsi Hair. Desenvolvido pelo laboratório TS Pharma, o Lampsi é formado por uma série de minerais, vitaminas e nutrientes essenciais para a saúde da pele, das unhas e dos cabelos.

Leia também:
→ Quem é você? Você é o que você come! »

Outras proteínas da beleza

Além do colágeno, existem outras proteínas que podem trabalhar a favor da sua beleza. Entre elas, destacam-se a elastina, queratina e o glicosaminoglicano.

Elastina

A elastina é responsável por formar fibras elásticas que irão conferir elasticidade da pele. Ela pode ser vista como uma borracha que, mesmo depois de ter sido muito esticada, volta ao seu tamanho e estrutura normais.

Queratina

Por outro lado, a queratina é uma proteína que ajuda diretamente na formação das unhas e da estrutura capilar.

Glicosaminoglicanos

Já os glicosaminoglicanos são polissacarídeos que, apesar do nome complicado, trabalham basicamente com a renovação celular.

A falta de proteínas e seus danos

Uma dieta pobre em proteínas pode resultar em diversos problemas de saúde. Fragilidade e perda de cabelo, má cicatrização, dores musculares intensas, perda de peso, problemas de pele, fraqueza das unhas e má pigmentação no couro cabeludo são alguns desses danos.

Nesse cenário, muitas pessoas acabam tendo dúvidas sobre a quantidade ideal de proteínas que deve ser ingerida. Se você faz parte desse grupo, saiba que a dose média recomendada para adultos é algo em torno de 0,8g de proteína por quilo de peso corporal.

Principais fontes de proteínas

Os alimentos que possuem maior concentração de proteínas são de origem animal. Carnes vermelhas, leite e ovos são as melhores opções.

Entretanto, vale lembrar que outros alimentos, como vegetais e castanhas, também são ricos nesse nutriente. Por esse motivo, consumir proteínas não deve ser visto como um problema para os vegetarianos.

Castanhas, nozes e amêndoas: Fontes de colágeno
Castanhas, nozes e amêndoas: Fontes de colágeno

Além de serem fonte de vitamina E, que é importante para a formação de colágeno, as castanhas, nozes e amêndoas contêm ácidos graxos poli-insaturados que auxiliam na manutenção da vitalidade da pele. Tente consumir 1/3 de xícaras desses alimentos diariamente.

Confira a lista dos principais alimentos fontes de colágeno:

  1. Carnes vermelhas e carnes brancas
  2. Castanhas, nozes e amêndoas;
  3. Aveia, ervilha, lentilha e grão de bico;
  4. Tofu e feijão;
  5. Arroz integral;
  6. Espinafre;
  7. Abacate;
  8. Queijo cottage;
  9. Atum;
  10. Iogurte;
  11. Salmão.

Além destes alimentos, o Lampsi Hair também é uma ótima fonte de nutrientes. As cápsulas são o que há de mais completo no mercado e não possuem nenhum tipo de contraindicação ou efeito colateral.

→ Clique Aqui e Saiba Mais sobre o Lampsi Hair »

Conclusão

Colágeno para que serve

O segredo da beleza está em suas mãos!

Não tem mais mistério! Você já sabe o que é colágeno para que serve e agora é só fazer valer a sua beleza natural. Invista no consumo de colágeno, tenha uma alimentação balanceada e fique de olho na quantidade de proteínas que você ingere na sua rotina.

Sua saúde deve estar em primeiro lugar, mas, se você conseguir aliá-la com a sua beleza, tudo será ainda melhor!

Leia também:
→ A Importância de Nutrir o Cabelo de Dentro Para Fora »

Eu espero que este artigo tenha ajudado você a entender mais sobre o colágeno e os benefícios desta importante proteína da beleza!

Se você gostou do artigo, compartilhe com as suas amigas nas redes sociais!

Deixe seu comentário logo abaixo me dizendo se você toma algum polivitamínico para melhorar a saúde da sua pele.

Eu leio todos os comentários, e se você quiser perguntar alguma coisa sobre este assunto, eu lhe respondo! Combinado?

Até a próxima!

Comentários

Quem leu isso, também está lendo: